Arquipélago dos Açores

O arquipélago dos Açores é o ponto mais ocidental da Europa. Localiza-se no Oceano Atlântico. Está a apenas quatro horas de avião dos EUA e duas horas de avião do continente europeu. Esta região autónoma da República Portuguesa é constituída por nove ilhas vulcânicas, distribuídas por 370 milhas. Cada uma delas tem características muito próprias, quer em termos paisagísticos, quer gastronómicos, quer em termos da maneira de ser dos próprios habitantes. As ilhas açorianas são banhadas por águas mornas e ricas em espécies animais. Por esta latitude é frequente passarem muitos cetáceos, tartarugas, peixes e aves. Devido à localização geográfica e afastamento dos continentes os Açores têm conseguido preservar a sua natureza e pureza por muitos séculos.

A origem vulcânica das ilhas criou montanhas, vales e formações rochosas vulcânicas que são revestidas por uma vegetação exuberante e que compreende muitas espécies de plantas endémicas e flores brilhantes de todas as cores imagináveis. Estas paisagens pitorescas guardam ainda lagoas, ribeiras, cascatas e nascentes de água termal. A maioria das casas são construções tradicionais que foram construídas a partir de rochas vulcânicas, assim como os pequenos muros que retalham e dividem os pastos verdes na paisagem. As tradições locais continuar a desempenhar um papel importante na maneira açoriana de viver. Orgulhosos das suas raízes os açorianos gostam de receber os visitantes e dar-lhes a conhecer usos e costumes locais. Por duas vezes a UNESCO distinguiu a singularidade e autenticidade do arquipélago. Primeiro o centro histórico de Angra do Heroísmo, com origens no século XV, que ilustra períodos significativos da história humana. Depois a paisagem da vinha na ilha do Pico, devido ao método peculiar de cultivo. A história refere que este vinho picaroto chegou mesmo à mesa dos Czares da Rússia. Também várias publicações de renome internacional, como a National Geograhpic, têm publicado artigos sobre a região. Devido à sua beleza natural, bem preservada e diversificada, o arquipélago dos Açores tornou-se um destino de renome para a observação de baleias e golfinhos, mergulho, geoturismo, caminhadas e observação de aves. É o destino de férias ideal para os amantes da natureza e de turismo ecológico! Não foi à toa que os Açores passaram a integrar a rede mundial de reservas de biosfera. Três das sete reservas classificadas em Portugal ficam nos Açores (ilhas Graciosa, Flores e Corvo). No total pertencem a esta rede mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) 600 reservas da biosfera. Além de trocarem informações entre si, pugnam pela aplicação de um modelo de desenvolvimento centrado na conservação dos patrimónios ambiental e cultural.

Informações Gerais:

Como Estado-Membro da União Europeia, Portugal utiliza o euro como moeda. No entanto a maioria das moedas mundiais pode ser trocada, com facilidade, nos Açores. No arquipélago o relógio marca uma hora a menos do que no resto do território português. O clima nas ilhas é ameno durante todo o ano. A temperatura do ar varia cerca de 14ºC em fevereiro até 26ºC em agosto. Já a temperatura do mar varia entre 17ºC a 24ºC. A assistência médica nas ilhas é boa. Existem hospitais nas ilhas do Faial, Terceira e S. Miguel. A taxa de criminalidade é a mais baixa em Portugal. A maioria da população fala Inglês e a maioria dos países ocidentais têm representações diplomáticas em São Miguel. A corrente eléctrica em Portugal é de 220Ac. Recomendamos roupas leves durante a temporada de verão. De novembro a março os visitantes devem certificar-se de que trazem uma capa de chuva e roupas leves. Durante o mesmo dia poderão fazer as quatro estações do ano.

Para chegar aos Açores de avião poderá optar por viajar em pelo menos quatro companhas aéreas. Além da TAP e da SATA chegam em 2015 ao arquipélago pela primeira vez as companhias de baixo custo, nomeadamente a Raynair e Easyjet. O barco também poderá ser uma opção para chegar ao arquipélago. As ilhas estão cada vez mais na rota dos grandes cruzeiros transatlânticos.